TRIVA

Resiliência na correção de catarata

 

A lente intraocular trifocal TRIVA permite uma visão contínua através de áreas focais estendidas, que além de excelente visão à distância, produz ótimos resultados para visão de perto e intermediária.


Com um platô focal estendido de 36 cm até uma distância de 80 cm, a lente é otimizada para a visualização de telas de computador, bem como tablets e smartphones.


• Visão funcional durante todo o dia por meio de visão progressiva contínua
• Alcance de foco estendido começando em 36 cm com um ponto focal próximo real
• Otimizado para os requisitos visuais em um ambiente digital
• Desempenho resiliente contra efeitos colaterais multifocais indesejáveis por meio da tecnologia LIO inteligente


Human Optics

TRIVA TRIFOCAL

LIO COM DESIGN INTELIGENTE E RESILIÊNCIA

Periferia óptica refrativa

• Reduz a ocorrência de fenômenos luminosos
• Excelente visão à distância, mesmo em condições mesópicas;
• Alta porcentagem monofocal da superfície óptica 1.

Zona
interna

• Maior tolerância a fatores fisiológicos, como pupilas ou eixo visual descentralizados 3, 4, 5;
• Estabilidade de alto desempenho 3;
• Zona de anel interno ampla 2;
• Livre de aberrações visuais 3, 4, 5;
• Baixo índice de refração 6.

Elemento difrativo central acromático*

• Visão de perto ergonômica;
• Visão intermediária confortável em todas as faixas de visualização digital;
• Redução de halo e glare;
• Foco a partir de 36cm;
• Zona de visão intermediária por meio de adição extra;
• DOE reduzido com eficácia total;
• Maior qualidade visual.

TRIVA

Mais de 3/4 das pessoas com idade entre 65-75 anos usam dispositivos digitais.

Expertise em qualidade de visão

Correção em alto nível da presbiopia relacionada a catarata

 

Comparação indireta das curvas de defocus monocular entre a mIOL DIFFRACTIVA®* e a TRIVA** mostram uma área focal ampla e um ganho expressivo em toda a faixa intermediária com o TRIVA trifocal.

*Curva de defocus monocular, pós-operatório de 6 meses8
**Curva de defocus monocular , análise preliminar de dados pós-operatório entre 3-6 meses8

Gráfico

CORREÇÃO DA PRESBIOPIA ASSOCIADA A CATARATA COM TRIVA

• Correção da presbiopia associada a catarata com TRIVA
• LIO trifocal com acuidade visual contínua em todas as distâncias
• Adição de perto +3,5 D
• Adição para distância +1,75 D
• DOE reduzido com apenas 7 anéis

ALTO NÚMERO ABBE. TRATAMENTO ACROMÁTICO

• Seu alto número de Abbe atesta a excelente qualidade do material do TRIVA, associado a menos aberrações cromáticas10 e qualidade de imagem superior.

O EFEITO ACROMÁTICO DO ELEMENTO ÓPTICO COMBINADO DIFRATIVOREFRATIVO CONTRIBUI PARA UMA QUALIDADE DE IMAGEM SUPERIOR4

• A área difrativa central da óptica neutraliza a aberração cromática da córnea
• A periferia óptica refrativa livre de aberrações mantém a profundidade foco natural do olho

Distribuição eficiente de luz inspirada pelo olho natural

 

• A interação da intensidade da luz e a pupila regula de forma otimizada a distribuição da luz através da LIO.
• Tecnologia óptica inteligente associada a menos fenômenos luminosos - Menos anéis difrativos
• Efeito simultâneo para visão de perto, intermediária e de longe para todos os tamanhos de pupila
• O design óptico livre de aberração demonstra maior estabilidade e desempenho superior
• Em condições de luz mesópica e com pupilas dilatadas, o foco à distância é enfatizado sem afetar a eficácia da visão de perto e intermediária

Gráfico

SAFELOADER®

Fácil. Intuitivo. Rápido.

 
Gráfico
Gráfico
Gráfico

Componentes separados para segurança máxima

O sistema de implantação pré-carregado sem contato oferece o máximo de segurança devido à separação dos componentes. Tanto a LIO quanto o injetor passam por processos de esterilização separados. O armazenamento isolado da LIO garante que ela só entre em contato com os aditivos de revestimento do cartucho imediatamente antes da cirurgia.

Quer conhecer mais sobre o TRIVA?
Baixe nosso material informativo

FONTES:

1 HumanOptics AG (2020). Technical documentation.

2 Garzón, N, et al. (2020). Influence of angle k on visual and refractive outcomes after implantation of a diractive trifocal intraocular lens. J Cataract Refract Surg, 46:721-727.

3 Eppig, T, et al. (2009). Eect of decentration and tilt on the image quality of aspheric intraocular lens designs in a model eye. J Cataract Refract Surg, 35:1091-1100.

4 Grabner, G (2017). Best kept secrets Diractiva Di-aA. Cataract & Refractive Surgery Today Europe Jan; 52-53.

5 Kránitz, K (2017). Aberration profile of two multifocal IOLs and the eect of angle kappa on postoperative aberrations, Presented ESCRS, Lisbon.

6 Erie, J, et al. (2001). Analysis of postoperative glare and intraocular lens design. J Cataract Refract Surg, 27:614-621.

8 Dexl, AK, et al. (2014). Visual performance after bilateral implantation of a new diractive aspheric multifocal intraocular lens with a 3.5 D addition. Eur J Ophthalmol, 24(1):35-43.

1 HumanOptics AG (2020). Technical documentation.

2 Garzón, N, et al. (2020). Influence of angle k on visual and refractive outcomes after implantation of a diractive trifocal intraocular lens. J Cataract Refract Surg, 46:721-727.

3 Eppig, T, et al. (2009). Eect of decentration and tilt on the image quality of aspheric intraocular lens designs in a model eye. J Cataract Refract Surg, 35:1091-1100.

4 Grabner, G (2017). Best kept secrets Diractiva Di-aA. Cataract & Refractive Surgery Today Europe Jan; 52-53.

5 Kránitz, K (2017). Aberration profile of two multifocal IOLs and the eect of angle kappa on postoperative aberrations, Presented ESCRS, Lisbon.

6 Erie, J, et al. (2001). Analysis of postoperative glare and intraocular lens design. J Cataract Refract Surg, 27:614-621.

8 Dexl, AK, et al. (2014). Visual performance after bilateral implantation of a new diractive aspheric multifocal intraocular lens with a 3.5 D addition. Eur J Ophthalmol, 24(1):35-43.