Gestão em oftalmologia: como trabalhar a carteira de pacientes

Abrir um consultório na área da oftalmologia demanda muito mais do que equipamentos de última geração e serviços digitais que auxiliem a equipe médica na gestão dos processos. A peça-chave para o sucesso de uma clínica é o paciente, e ele deve estar sempre no centro de todas as decisões a serem tomadas. Afinal de contas, ele é o cliente que garante o funcionamento do negócio e, uma vez que precisa usufruir dos serviços com certa frequência, é essencial que um bom consultório invista em todas as frentes essenciais para fidelizá-lo. 

Para isso, não basta se basear somente em tecnologia e considerar que o consultório já tem tudo o que precisa para evoluir. É preciso pensar do ponto de vista de experiência do usuário e aplicar os conceitos na prática clínica. 

Como fidelizar e manter seus pacientes  

Além das dicas já dadas anteriormente, sobre investir em soluções digitais e softwares que ajudem na gestão oftalmológica do consultório e vão desde prontuários eletrônicos a ferramentas de marketing médico, é preciso pensar na experiência que seu paciente tem do começo ao fim, do agendamento ao retorno. 

Com isso, é importante considerar os diferenciais que vão ajudar o seu consultório a se destacar dentre os demais, como: 

  • Atendimento 

Esse item é um dos mais importantes, e engloba todas as frentes da clínica. Desde a pessoa recepcionista que vai cuidar do agendamento da consulta e recepção do paciente, passando pelo médico e pelos técnicos que operam os aparelhos para fazer exames. Aqui, é sempre importante prezar por um atendimento médico humanizado, e investir em treinamento e qualificação de toda a equipe, visando deixar o paciente confortável e satisfeito do começo ao fim da experiência clínica. 

  • Infraestrutura 

Os equipamentos são de extrema importância, principalmente para médicos oftalmologistas, levando em consideração a complexidade demandada para fazer avaliações e procedimentos cirúrgicos na área dos olhos. Investir em bons aparelhos, que estão com peças e manutenção em dia, faz toda a diferença. É o caso dos equipamentos comercializados pela Advance Vision, empresa brasileira que oferece os mais atualizados dispositivos oftalmológicos do mercado. Além disso, é importante pensar em transformar sua clínica em um ambiente acolhedor e confortável, para que o paciente se sinta sempre à vontade.  

  •  Oferta de serviços 

Aqui, vale pensar nas soluções que facilitam a gestão da oftalmologia, e na possibilidade de expandir as formas de consulta, como é o caso da telemedicina oftalmológica. Desde que foi regulamentada pelo Conselho Federal de Medicina em função da pandemia de Covid-19, a modalidade de consultas online passou a ser muito utilizada por diversas pessoas e, hoje, mesmo com a retomada das atividades, a telemedicina se mostra um diferencial muito importante, considerando que nem todos os pacientes podem se deslocar até o consultório. 

Por isso, para captar e fidelizar os seus clientes, é importante colocar em prática, mesmo que aos poucos, cada um dos pontos citados acima. Busque sempre estar por dentro das práticas de experiência do usuário e, claro, das mais recentes novidades em termos de serviços digitais e equipamentos. E, para isso, conte com a equipe da Advance Vision. Entre em contato para saber mais sobre as soluções oftalmológicas disponíveis. 

Posts Relacionados

Capa do artigo
10 motivos para você ter um retinógrafo na sua clínica

Você, como médico oftalmologista, sabe melhor do que ninguém que o Teste do Reflexo Vermelho (TRV) é um importante exame de triagem de doenças nos olhos dos bebês no momento do nascimento da criança, mas você pode ter o auxilio do RetCam para uma avaliação mais profunda . Dessa forma, a recomendação é que se faça uma avaliação com o retinógrafo mais ampliada, principalmente em crianças que tenham no histórico familiar doenças de fundo.

Hoje, a tecnologia mais avançada do mercado em mapeamento e avaliação de retina é o retinógrafo, conhecido também como Retcam.

Veja a seguir 10 motivos para você ter um retinógrafo na sua clínica:

  1. Avalia a retina com precisão;
  2. Mapeia 130 graus do globo ocular;
  3. Detecta diversas enfermidades oculares;
  4. Não há contraindicações em seu uso;
  5. Examina com rapidez e alta precisão;
  6. Fornece imagens fotográficas de alta resolução;
  7. Oferece, no monitor, a opção de ajuste das imagens por brilho, contraste e equilíbrio de cores;
  8. Auxilia no diagnóstico precoce da Retinopatia da Prematuridade (ROP) e do Retinoblastoma;
  9. Permite que as imagens sejam armazenadas no equipamento, gravadas em CD, impressas ou enviadas eletronicamente; e
  10. Possibilita que o paciente fique deitado durante o exame, facilitando a realização do procedimento em prematuros, bebês ou crianças.

Doenças que o retinógrafo pode detectar 

Estudos apontam que mais da metade dos casos de cegueira (60%) são evitáveis e que 40% dos diagnósticos têm conotação hereditária. Dentro desse contexto, é animador saber que o retinógrafo é capaz de detectar  doenças como:

  • PHPV;
  • TORCH;
  • Catarata;
  • Glaucoma;
  • Coloboma Íris;
  • Córnea Opaca;
  • Zika Congênita;
  • Cicatriz Corneal;
  • Posição do olhar;
  • Doença de Coats;
  • Coloboma Retinal;
  • Retinoblastoma (RB);
  • Síndromes Congênitas;
  • Infecções das pálpebras;
  • Shaken Baby Syndrome;
  • PHPV, Norrie & TORCH;
  • Hemorragia de Retina e Macular;
  • Retinopatia da Prematuridade (ROP);
  • Familial Exudative Vitreoretinopatia (FEVR); e
  • Ptosis e condições inflamatórias e infecciosas.

Benefício para as crianças

O retinógrafo é capaz de detectar doenças infecciosas contraídas pelas mães e que causam alterações no fundo do olho dos bebês, afetando a visão da criança. Entre elas, se destacam toxoplasmose, sífilis, herpes e zika vírus. Esta última, atinge o sistema nervoso central, comprometendo a retina. Em resumo, o diagnóstico precoce, por meio do que se chama de Teste Digital do Olhinho, é de fundamental importância para a saúde dos recém-nascidos.

Custo-benefício do retinógrafo

O retinógrafo apresenta um excelente custo-benefício para os médicos oftalmologistas, enquanto auxilia no diagnóstico precoce, controle e prevenção de doenças oculares, incluindo as severas e progressivas.

Leia o artigo
Capa do artigo
Retinopatia diabética: saiba mais sobre essa doença silenciosa que pode ser evitada

A retinopatia diabética é uma das maiores e mais graves complicações para pessoas portadoras de diabetes. Segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS), todos os anos, um milhão de diabéticos perdem a visão pela falta de informação dos riscos que a falta de tratamento adequado para a doença pode trazer.   

Por isso, é de extrema importância que pessoas diagnosticadas com diabetes, principalmente a tipo 2, façam exames oftalmológicos assim que recebem o diagnóstico, a fim de prevenir a deficiência visual e até mesmo a cegueira. A recomendação é que os pacientes tenham acompanhamento constante de um oftalmologista especialista na patologia e que façam os devidos exames, pelo menos, uma vez ao ano.   

E para que o médico esteja apto a diagnosticar e tratar adequadamente a doença, é fundamental que tenha em seu consultório os mais avançados equipamentos oftalmológicos, como o retinógrafo RetCam Envision, que faz fotografias de alta resolução dos olhos, e o facoemulsificador FAROS, plataforma de cirurgias oculares de alto nível. 

Tais ferramentas possibilitam até mesmo prevenção e cuidados da catarata, vitrectomia e glaucoma, doenças que podem ser aceleradas pela retinopatia diabética caso o acompanhamento não seja feito da forma correta e a tempo. Visitas recorrentes ao oftalmo e exames periódicos devem sempre estar no radar dos médicos e pacientes, porque até mesmo pessoas com o diabetes devidamente controlado podem sofrer com estes males.  

Retinopatia diabética: prevenção e tratamento 

Por se tratar de apenas uma das muitas complicações do diabetes, é fundamental que o paciente invista em um estilo de vida saudável por meio da prática de exercícios, alimentação equilibrada e visitas recorrentes aos médicos especialistas.

Dentre os tratamentos disponíveis, no caso de um estágio mais avançado da doença, é recomendada a fotocoagulação retiniana, também conhecida como laser de retina, que “destrói” a parte periférica da retina, mas preserva a região central onde fica o foco da visão. As injeções de anti-angiogênicos também têm demonstrado certa eficácia no tratamento da doença, mas devem ser aplicadas de forma vitalícia, uma vez que o medicamento dura somente um mês dentro do olho.

Dependendo do caso, até mesmo cirurgias devem ser feitas como forma de tratar a retinopatia diabética, mas é importante lembrar que a doença não tem cura. A melhor forma de retardar suas consequências é fazer acompanhamento recorrente com médicos especialistas em cuidados com a catarata, glaucoma e outras doenças, cujos consultórios contam com o auxílio dos melhores equipamentos oftalmológicos, como os da Advance Vision, empresa pertencente ao Grupo JL Health, que atua no setor da saúde desde 2002. 

 

Leia o artigo
Capa do artigo
Gestão em oftalmologia: como trabalhar a carteira de pacientes

Abrir um consultório na área da oftalmologia demanda muito mais do que equipamentos de última geração e serviços digitais que auxiliem a equipe médica na gestão dos processos. A peça-chave para o sucesso de uma clínica é o paciente, e ele deve estar sempre no centro de todas as decisões a serem tomadas. Afinal de contas, ele é o cliente que garante o funcionamento do negócio e, uma vez que precisa usufruir dos serviços com certa frequência, é essencial que um bom consultório invista em todas as frentes essenciais para fidelizá-lo. 

Para isso, não basta se basear somente em tecnologia e considerar que o consultório já tem tudo o que precisa para evoluir. É preciso pensar do ponto de vista de experiência do usuário e aplicar os conceitos na prática clínica. 

Como fidelizar e manter seus pacientes  

Além das dicas já dadas anteriormente, sobre investir em soluções digitais e softwares que ajudem na gestão oftalmológica do consultório e vão desde prontuários eletrônicos a ferramentas de marketing médico, é preciso pensar na experiência que seu paciente tem do começo ao fim, do agendamento ao retorno. 

Com isso, é importante considerar os diferenciais que vão ajudar o seu consultório a se destacar dentre os demais, como: 

  • Atendimento 

Esse item é um dos mais importantes, e engloba todas as frentes da clínica. Desde a pessoa recepcionista que vai cuidar do agendamento da consulta e recepção do paciente, passando pelo médico e pelos técnicos que operam os aparelhos para fazer exames. Aqui, é sempre importante prezar por um atendimento médico humanizado, e investir em treinamento e qualificação de toda a equipe, visando deixar o paciente confortável e satisfeito do começo ao fim da experiência clínica. 

  • Infraestrutura 

Os equipamentos são de extrema importância, principalmente para médicos oftalmologistas, levando em consideração a complexidade demandada para fazer avaliações e procedimentos cirúrgicos na área dos olhos. Investir em bons aparelhos, que estão com peças e manutenção em dia, faz toda a diferença. É o caso dos equipamentos comercializados pela Advance Vision, empresa brasileira que oferece os mais atualizados dispositivos oftalmológicos do mercado. Além disso, é importante pensar em transformar sua clínica em um ambiente acolhedor e confortável, para que o paciente se sinta sempre à vontade.  

  •  Oferta de serviços 

Aqui, vale pensar nas soluções que facilitam a gestão da oftalmologia, e na possibilidade de expandir as formas de consulta, como é o caso da telemedicina oftalmológica. Desde que foi regulamentada pelo Conselho Federal de Medicina em função da pandemia de Covid-19, a modalidade de consultas online passou a ser muito utilizada por diversas pessoas e, hoje, mesmo com a retomada das atividades, a telemedicina se mostra um diferencial muito importante, considerando que nem todos os pacientes podem se deslocar até o consultório. 

Por isso, para captar e fidelizar os seus clientes, é importante colocar em prática, mesmo que aos poucos, cada um dos pontos citados acima. Busque sempre estar por dentro das práticas de experiência do usuário e, claro, das mais recentes novidades em termos de serviços digitais e equipamentos. E, para isso, conte com a equipe da Advance Vision. Entre em contato para saber mais sobre as soluções oftalmológicas disponíveis. 

Leia o artigo