Conheça as opções de cirurgia para correção de alta miopia

Se você tem alta miopia ou astigmatismo é possível que você já tenha se perguntado se pode fazer uma cirurgia para correção. A visão é uma questão de bem-estar, mas a correção da miopia com óculos ou lentes de contato pode deixar de ser vantajosa quando avaliada a longo prazo. Além do mais, o mercado brasileiro oferece diferentes tipos de cirurgia, com opções seguras e satisfatórias. Veja quais são.

Os diferentes tipos de cirurgia: correção da miopia com lente intraocular ou laser

Lentes Visian ICL

Com mais de 20 anos no mercado mundial , a Visian ICL é uma opção de cirurgia de correção da miopia com lentes intra oculares. Ela está presente em 75 países e possui uma alta taxa de satisfação, considerando que 99,4% dos pacientes escolheriam implantar novamente a ICL. 

A miopia pode ser  resolvida  através de uma simples cirurgia  com  a implantação  de uma lente  dentro do  olho, muito semelhante a uma lente de contato,  preservando a córnea, que é a principal lente do nosso olho ,  além  da estética, por ser invisível. O procedimento é seguro, comprovado através de diversos estudos clínicos e possui um tempo rápido de recuperação por não ter efeitos colaterais.

A EVO Visian ICL possui resultados considerados muito satisfatórios relacionados com a  qualidade de visão,  tornando-a mais nítida , transparente , melhorando inclusive a visão noturna. 

Por se tratar de um procedimento adicional,  o procedimento pode ser  reversível, ou seja,  a lente pode ser removida, caso haja novas tecnologias no  futuro,

Lente Artisan 

No âmbito da correção de miopia com lentes, a artisan também é uma opção conhecida no mercado brasileiro. Desenvolvida na Holanda e com mais de 20 anos de pesquisa, ela é uma lente intraocular para pacientes de alta miopia.

A sua execução é rápida e corrige em média 80 a 90% do grau. Ela é uma cirurgia segura e reversível e, assim como a ICL, ela não danifica a córnea e não necessita da remoção do cristalino. Seu pós operatório é considerado lento mas ele é indolor. 

A lente Artisan, entretanto, é visível, o que pode incomodar a alguns pacientes.

Lasik

Uma das opções mais conhecidas para correção da miopia com lentes, o  Lasik é realizado através do uso de laser, remodelando e removendo tecido  corneano. 

A cirurgia com Lasik é irreversível , visto que ocorre a remoção de tecido corneano .

PRK

PRK é uma das cirurgias mais comuns no mercado nacional. Ela é feita através do uso de laser, que atua na correção da curvatura da córnea. Assim como a cirurgia Lasik, o PRK apresenta bons resultados na definição de visão, contraste e claridade, já a visão noturna pouco mais de 16% dos pacientes reportam redução. 

Seu período de recuperação leva em média uma semana. 

É necessário ter em mente que esta cirurgia possui algumas restrições quanto à realização de outros procedimentos na córnea, pois o tecido corneano retirado não pode ser substituído, o que significa também que este é um procedimento não reversível.

A realização de uma cirurgia para correção de alta miopia pode trazer diversos benefícios para o seu bem-estar, por isso, caso você ainda tenha dúvidas quanto à melhor opção para o seu caso, leia também: Pergunte ao especialista: 5 questões que todo alto míope deve fazer ao seu médico.

 

Posts Relacionados

Capa do artigo
Lentes para correção de miopia têm validade?

A correção de alta miopia com lente intraocular é uma realidade que chegou para oferecer novas possibilidades para quem sofre com altos graus de miopia. 

Mas afinal, do que se trata uma cirurgia de correção de alta miopia com lente intraocular?

Com o avanço do uso de telas, foi percebido pela OMS um aumento significativo em míopes e alto-míopes, isso porque os nossos hábitos atuais lesam a saúde ocular e ocasionam o aumento gradativo da miopia. Em casos de graus de miopia muito altos, a pessoa pode inclusive ter perda de visão significativa, descolamento de retina e outros problemas graves.

Algumas lentes intraoculares, como é o caso da EVO Visian ICL, podem ser a solução definitiva do problema de altos graus de miopia, que não é candidato a nenhum outro tipo de cirurgia refrativa, como Lasers.

Como é feita a Cirurgia com a ICL?

A cirurgia para a correção de alta miopia com lente intraocular com EVO Visian ICL é feita através de uma micro incisão na córnea, implantando a  lente atrás da íris. Ela é feita de Collamer®, um material exclusivo e biocompatível, o  que diminui a quase zero as chances de rejeição ou catarata ocasionada pela cirurgia.

A recuperação é rápida e não há nenhum tipo de perda de material córneo durante todo o processo cirúrgico, o que torna a correção de alta miopia com lente intraocular um processo extremamente seguro e com resultados superiores a outros tipos de procedimentos oculares.

Pós-cirúrgico

Apesar de todos os prós da correção de alta miopia com lente intraocular com EVO Visian ICL, um dos maiores diferenciais é realmente o seu pós-cirúrgico.

Depois da cirurgia de implante de uma EVO Visian ICL, o paciente pode perceber uma melhora quase imediata da visão, em muitos casos revertendo altos graus de miopia dispensando totalmente ou quase completamente o uso dos óculos.

Mas não apenas isso, as lentes de correção de miopia EVO VISIAN ICL não possuem validade, ou seja, uma vez feita a cirurgia não é necessário retirar ou trocar as lentes. elas podem ser usadas por toda a vida. Porém, se a miopia aumentar ou, caso o paciente desenvolva algum outro tipo de doença ocular que necessite a retirada das lentes, o explante de uma EVO Visian ICL é feita de forma tão segura quanto o implante, diferente de outras cirurgias que mudam permanentemente a estrutura da córnea.

Essa é uma solução de inovação para uma grande gama de pessoas com alto graus de miopia e que não tinham um tratamento eficaz e seguro até o momento.

É possível evitar a progressão do Ceratocone?

Leia o artigo
Capa do artigo
A Importância do Oculoplasta especializado em doenças oculares

Considerados órgão complexos e delicados, os olhos demandam cuidados específicos e profissionais cada vez mais especializados em tratar das particularidades da anatomia ocular. É o caso do oculoplasta, profissional do qual falamos recentemente, que vem ganhando cada vez mais destaque por desempenhar um papel extremamente importante no cuidado às doenças relacionadas às pálpebras, além do seu papel como um oftalmologista estético 

Este especialista vem se beneficiando cada vez mais dos constantes avanços no campo da medicina oftalmológica, expandindo as possibilidades de atuação e tratamento para as mais diversas patologias palpebrais, impactando positivamente a vida dos pacientes. 

A Advance Vision, empresa pertencente ao grupo JL Health, traz ao mercado brasileiro diversos equipamentos oftalmológicos que ajudam oftalmologistas das mais variadas especialidades a oferecer tratamentos cada vez mais inovadores para algumas das doenças citadas abaixo: 

  • Blefarite: Além das abordagens tradicionais, como a higiene palpebral e o uso de medicamentos tópicos, os avanços tecnológicos trouxeram opções adicionais de tratamento. Uma delas é o uso da tecnologia Agnes que, por meio de radiofrequência microagulhada, melhora a inflamação e a qualidade da pele das pálpebras, proporcionando resultados visíveis e duradouros. 
  • Celulite orbital: Apesar de sua gravidade, agora a patologia pode ser tratada de maneira mais eficaz graças aos avanços no diagnóstico precoce, técnicas cirúrgicas inovadoras e o uso apropriado de antibióticos. Além disso, um melhor cuidado dos pacientes com celulite orbital pode e deve ser fornecido por meio da colaboração interdisciplinar do oculoplasta com infectologistas e cirurgiões. 
  • Ptose Palpebral: Embora o tratamento já seja uma prática estabelecida, já estão disponíveis no mercado novas técnicas cirúrgicas minimamente invasivas, como a ptose palpebral endoscópica, que oferece resultados excelentes com menor tempo de recuperação. Essa abordagem não apenas melhora a estética, ao tratar o aspecto visível da pálpebra caída, como também ajuda na função visual, garantindo o máximo benefício para os pacientes. 
  • Tumores palpebrais: No campo do tratamento de tumores palpebrais, a tecnologia desempenha um papel crucial no diagnóstico e tratamento preciso. A tecnologia Agnes, por exemplo, oferece a capacidade de tratar lesões benignas da pele, como cistos e nevos, sem a necessidade de cirurgia invasiva. Além disso, técnicas de ressecção micrográfica de Mohs podem ser aprimoradas com o uso da tecnologia Plexr Plus, proporcionando resultados precisos e preservando a função e a estética  

É por isso que o oculoplasta especializado, para além de ser um oftalmologista estético, desempenha um papel crucial no tratamento das doenças oculares relacionadas às pálpebras. Munido das devidas tecnologias, como os equipamentos Agnes, Lavieen, Plexr Plus e Ultraformer 3, comercializados pela Advance Vision, a prática clínica se torna muito mais ampla ao oferecer opções de tratamento avançadas e eficazes, que garantem os resultados esperados pelos pacientes.  

É importante se manter sempre atualizado com as mais recentes inovações tecnológicas,  tendo sempre como principal objetivo o mais alto nível de cuidado oftalmológico e as melhores soluções, personalizadas para cada paciente. Para entender melhor como os equipamentos citados podem potencializar a rotina clínica, entre em contato com a equipe comercial da Advance Vision. 

Leia o artigo
Capa do artigo
Entenda como cuidar da sua visão depois da cirurgia de correção com lentes intraoculares

Pacientes com alto grau de miopia, cada vez mais, têm optado pela cirurgia de correção com lentes intraoculares, em substituição aos tradicionais óculos e lentes de contato ou mesmo às tecnologias de cirurgia à laser.

Dentre outras vantagens, as lentes intraoculares (LIO) não precisam ser trocadas para o resto da vida e o paciente, geralmente, estará com a visão perfeita em poucos dias.

A seguir, vamos esclarecer alguns pontos sobre as lentes implantáveis. Contudo, é sempre bom lembrar que o implante intraocular não é para qualquer um e há restrições específicas, como não ter alteração no grau nos últimos 6 meses. Isso é importante recordar, porque a miopia aumenta!

A partir de quantos graus de miopia posso fazer cirurgia de correção refrativa?

As lentes implantáveis são recomendáveis às pessoas com moderado e alto grau de miopia,  e para pacientes que não podem ser operadas por laser. Mas isso deve ser analisado caso a caso. Por isso, não deixe de consultar um médico oftalmologista.

EVO Visian ICL™: Nova geração de Lentes Intraoculares

Desde 2020, no Brasil, já temos à disposição tecnologia exclusiva e de ponta no ramo de lentes implantáveis intraoculares. Trata-se da EVO Visian ICL™.

As lentes ICL são implantadas sem a remoção do cristalino do olho, o que é comumente o processo das lentes implantáveis de catarata, por exemplo. Também não há desgaste da córnea como acontece nos procedimentos à laser.

Outra grande diferença é a opção de reverter o procedimento através de um explante, cujo procedimento é rápido e indolor e permite que o paciente possa atualizar as lentes ou tratar outros problemas de visão ao longo da vida.

E mais: para a maior segurança dos pacientes, os médicos que trabalham com as lentes ICL são todos treinados e certificados.

Como é o pós-operatório do implante das lentes ICL?

Outro ponto de atenção de todo paciente que busca uma operação corretiva é o pós-operatório. É comum notícias alarmantes de que maus cuidados possam levar a problemas sérios e até mesmo perda da visão.

Porém, podemos nos tranquilizar com relação às lentes implantáveis, especialmente a EVO Visian ICL. Em geral, o procedimento é rápido e indolor e a recuperação se dá em poucos dias.

No entanto, sempre são necessários cuidados específicos e uma atitude de prevenção para uma boa e completa recuperação.

Vamos listar alguns itens importantes:

– Evitar apertar e coçar os olhos;
– Esforços físicos moderados poderão retornar em 3 dias;
– Não forçar a visão nos 3 primeiros dias;
– Retorno ao trabalho é possível em 2 a 4 dias;
– Evite esporte de contato nos 15 primeiros dias;
– Fazer o acompanhamento com o médico oftalmologista;
– Entrar em contato em caso de qualquer desconforto;
– Usar óculos de sol nos primeiros dias para maior proteção.

Quais cuidados tomar com as novas lentes intraoculares?

No caso das lentes ICL Visian, como é feita de material biocompatível e flexível, nenhum cuidado com a lente especificamente é necessário, além dos cuidados naturais do pós-operatório. Como o material tem uma durabilidade muito maior do que a vida média das pessoas, o mesmo não requer manutenção e deve durar por toda a vida.

 

É possível evitar a progressão do Ceratocone?

Leia o artigo