Brasileiros não vão ao oftalmologista. Saiba como você pode mudar isso!

Brasileiros não vão ao oftalmologista, a não ser em casos emergenciais. É o que aponta uma recente pesquisa feita pela Clínica de Oftalmologia Integrada (COI) a nível nacional, com o intuito de entender um pouco melhor o comportamento dos pacientes.  

Os resultados revelam que aproximadamente 47% dos entrevistados vão ao oftalmologista apenas 1 vez por ano, enquanto outros 30% marcam uma consulta apenas quando apresentam algum problema na visão. Um cenário um tanto preocupante, considerando a importância de se fazer consultas oftalmológicas preventivas a fim de detectar quaisquer anomalias ou potenciais causas de cegueira, mas que pode ser revertido, com algumas medidas.  

Estar munido de boas tecnologias oftalmológicas é extremamente importante, mas não basta focar apenas nos equipamentos. É preciso pensar de forma mais abrangente e considerar práticas como:  

 

  • Campanhas de conscientização: Educar a população sobre a importância da saúde ocular e do papel do oftalmologista na prevenção e tratamento de problemas de visão. Neste caso, o profissional pode atuar em lugares nos quais possa se comunicar com seu público-alvo, como escolas, universidades, empresas e comunidades locais. 

 

  • Parcerias com outras instituições de saúde: Trabalhar em conjunto com clínicas, hospitais, postos de saúde e ONGs pode ajudar a aumentar o acesso da população aos serviços e aparelhos oftalmológicos. 

 

  • Consultas populares: Oferecer consultas populares ou descontos para pacientes de baixa renda pode ajudar a tornar o serviço oftalmológico mais acessível para aqueles que não têm condições financeiras de pagar por uma consulta particular. Essa prática é de extrema importância para ajudar no diagnóstico e prevenção de diversas patologias que podem ser a causa da cegueira. 

 

  • Investir em tecnologia e equipamentos: Aparelhos oftalmológicos modernos e tecnológicos podem tornar os exames mais precisos e eficazes, aumentando a confiança dos pacientes no profissional, e reforçando a importância das consultas preventivas. 

 

  • Participação em eventos e feiras de saúde: Esta pode ser uma maneira eficaz de divulgar os serviços oftalmológicos e educar a população sobre a importância da saúde ocular e das consultas e tratamentos preventivos.  

 

  • Utilização de mídias sociais e marketing digital: Utilizar as redes sociais e o marketing digital pode ser uma maneira eficaz de alcançar ao público-alvo e divulgar os serviços oftalmológicos para aqueles que estão mais distantes dos centros urbanos. 

 

É importante reforçar que 75% dos casos de cegueira no mundo poderiam ter sido evitados, caso a população tivesse a conscientização necessária para procurar os médicos para exames e tratamento preventivos. Buscar um oftalmo apenas em casos de emergência não é apenas ruim para o paciente, como também para o próprio médico. Por isso, é essencial que os profissionais da área busquem, cada vez mais, colocar em prática essa comunicação direta, além de estarem constantemente atualizados com o que existe de mais tecnológico no mercado da oftalmologia. 

A Advance Vision, empresa do grupo JL Health que atua no setor da saúde desde 2002, traz ao mercado brasileiro plataformas com tecnologia oftalmológica de ponta, facilidade de manuseio e segurança na operação. Para saber mais sobre o portfólio de produtos oferecidos, entre em contato com a equipe comercial 

Posts Relacionados

Capa do artigo
A Inteligência Artificial também está no mercado de oftalmologia. Entenda melhor

A Inteligência Artificial (IA) vem trazendo soluções cada vez mais inovadoras aos mais diversos segmentos, e com a medicina não seria diferente. Por meio da tecnologia, é possível fazer operações e procedimentos com mais segurança e eficiência, oferecer diagnósticos mais precisos e até mesmo prevenir contra patologias futuras.  

A oftalmologia é uma das especialidades em que a IA mais evoluiu ao longo dos últimos anos, já podendo ser encontrada em diversos equipamentos oftalmológicos, que integram as tecnologias de luzes terapêuticas, terapia genética e tratamentos combinados para tratar os mais diversos casos, como cegueira, câncer, catarata, glaucoma, dentre outros. Além disso, o mercado vem se adaptando muito bem à tecnologia, implementando-a no desenvolvimento de diversos produtos que melhoram cada vez mais a qualidade de vida das pessoas com diferentes distúrbios oculares. É o caso das lentes ultrafinas, que se mostram uma ótima solução para quem possui algum tipo de ametropia. Sem contar os inúmeros estudos e experimentos que vêm sendo feitos na área, com o intuito de revolucionar a oftalmologia de ponta a ponta. 

Dentre as soluções já disponíveis no mercado, os tratamentos oftalmológicos baseados em IA são: 

 

  • Tomografia de coerência óptica (OCT) – Trata-se de uma técnica de imagem que utiliza luz para capturar imagens detalhadas das estruturas oculares do paciente. A IA presente neste exame oftalmológico pode ser usada para analisar as imagens obtidas e identificar padrões que possam indicar doenças oculares. 

 

  • Fundoscopia – Esta é uma outra técnica de imagem que utiliza uma lente especial para examinar o fundo do olho. Neste caso, a IA analisa as imagens fundoscópicas e identifica padrões que possam indicar patologias como retinopatia diabética. 

É muito importante que o oftalmologista esteja atento às tendências e movimentos do mercado, buscando estar sempre atualizado não apenas em termos de conhecimento, como também de tecnologias disponíveis em seu consultório. A Advance Vision é uma empresa que trabalha com equipamentos oftalmológicos de ponta, e está sempre trazendo o que existe de mais atualizado e inovador no mercado. Plataformas como OS4, Faros, CataRhex e Retcam Envision já são comercializadas no Brasil pela companhia. Para saber mais sobre os equipamentos e as melhores soluções para seu consultório, acesse o site ou entre em contato com a equipe comercial.  

Leia o artigo
Capa do artigo
ICL: Por que comprar? Qual o procedimento?

O mercado oftalmológico, principalmente no ramo de cirurgia para correção de visão com lente corretiva teve grandes mudanças e cada vez mais é necessário que especialistas estejam preparados para as novidades na área. 

Assim como o mercado em geral, ao longo de 20 anos de experiência, a lente intraocular ICL também passou por diversas modificações para melhor atender ao paciente, sendo hoje uma das grandes apostas em cirurgia de miopia com lente intraocular entre os especialistas do mundo inteiro. 

Presente em mais de 75 países e com mais de 1 milhão de implantes realizados, é uma opção inovadora, segura e com taxa de satisfação de 99,4% para a cirurgia de correção da visão

Porém, para estar apto a realizar esse procedimento, é necessário obter a certificação ICL, além de haver uma série de fatores que precisam ser considerados pelo médico, como insumos, materiais e precificação. Confira cada item!

Antes de tudo, certificação! 

A cirurgia para correção da visão com a lente intraocular ICL  só pode ser realizada por cirurgiões certificados com alto padrão de qualidade. Ou seja, para ser considerado apto é necessário solicitar um treinamento diretamente com a Advance Vision, para conseguir a certificação exigida para a realização da cirurgia de miopia com lente intraocular

O treinamento, que deve ser agendado com 15 dias de antecedência, se baseia em um curso teórico, web lat e acompanhamento cirúrgico do procedimento em 4 olhos. Esses processos são realizados por um profissional “proctor” da Advance Vision, certificado pelo fabricante STAAR, que irá acompanhar todas as etapas junto ao médico, dando as instruções necessárias para que a lente corretiva seja implantada de forma certa.

Além de garantir um maior preparo para o médico cirurgião, a certificação obrigatória também torna o procedimento mais seguro para os pacientes que optarem pela lente intraocular ICL. 

Insumos e importações de materiais

Ao realizar procedimentos com a lente intraocular ICL, o médico precisa possuir alguns insumos e materiais cirúrgicos, além de ser necessária a importação desse tipo de lente corretiva para a realização da cirurgia. As lentes tóricas possuem prazo de 30 dias para a entrega. 

Insumos e materiais, como metilcelulose 2%, BSS, seringas e cânula são necessários para o procedimento. Também é indispensável o uso de manipulador e pinça de carregamento frontal cirúrgica. Quanto aos acessórios, há o êmbolo de ponta e cartucho, que fazem parte da própria lente, e o injetor da ICL que pode ser reutilizado por aproximadamente 10 vezes. 

 

Tecnologia Inovadora

A lente intraocular ICL possibilitou ao mercado oftalmológico mais opções de tratamentos, onde os médicos podem ampliar suas indicações na recomendação de cirurgias para correção da visão. Feita de Collamer, um material de lente biocompatível exclusivo da STAAR® Surgical, que contém colágeno; a lente foi projetada para estar em harmonia com os olhos.

Com as propriedades exclusivas do Collamer, ela não modifica estruturas oculares, minimiza inflamações, halos e reações celulares, e promove proteção UV, protegendo os olhos na luz do dia. 

Outro grande diferencial da lente corretiva EVO Visian ICL é a sua performance noturna. Enquanto pacientes reportaram uma redução expressiva na visão noturna após cirurgia LASIK ou PRK, as lentes intraoculares ICL apresentam resultados de alta definição também à noite. 

Preço 

O custo do procedimento é superior aos outros disponíveis no mercado, porque a cirurgia com lente intraocular ICL é menos invasiva e muito personalizada. A lente é feita sob medida, para grau e diâmetro, de acordo com as necessidades e particularidades de cada paciente. 

Por ser uma cirurgia para corrigir a visão realizada por um médico treinado e por exigir materiais específicos, os valores também são maiores do que os procedimentos encontrados comumente no mercado nacional, que são feitos a laser.

Procedimento reversível

Essa é uma das grandes vantagens da cirurgia de miopia com lente intraocular.  Se houver qualquer tipo de complicação no pós operatório ou problemas como aumento da pressão ou inflamação crônica, por exemplo, o procedimento pode ser revertido, sem causar danos ou prejudicar a visão dos pacientes. 

Leia o artigo
Capa do artigo
Entendendo a jornada de um paciente com alta miopia rumo à cirurgia de correção

A alta miopia compromete significativamente a vida de uma pessoa. Isso porque a necessidade do suporte de altos graus em óculos ocorre, em alguns casos, desde a infância. À medida que o paciente cresce, o problema se agrava e exige o aumento do grau das lentes oculares e estruturas mais pesadas no que se refere à armação. Com isso, ao longo dos anos, crianças, jovens e adultos encontram na alta miopia um fator limitante, que impede sonhos pessoais, acadêmicos e profissionais. Assim, parte da vida do indivíduo é deixada de lado, uma vez que a exigência visual é uma das principais em qualquer processo avaliatório. 

Na busca por soluções que permitam uma vida plena, muitos pacientes optam pela cirurgia de correção de miopia. Para isso, a procura por médicos certificados para o procedimento protagoniza um investimento que diversas pessoas planejam fazer para ter de volta a autoestima e a qualidade de vida que a alta miopia tirou. 

A alta miopia e seus prejuízos 

A alta miopia tem como causa aparente alguns fatores genéticos, que tornam o globo ocular mais alongado e as córneas mais curtas. Dessa forma, a luz que entra é refratada à frente da retina e não acima dela, como deveria ser para uma visão plena. Apesar da miopia ser causada principalmente por herança genética, alguns hábitos podem colaborar para o agravamento da situação ocular, como a leitura em ambientes pouco iluminados e um longo período em frente às telas. A alta miopia é considerada em casos em que a alteração da visão ultrapassa os 6 graus de refração, ou, na linguagem médica, 6 dioptrias.  

Por ter causa genética, na maioria das vezes, o paciente começa a perceber os primeiros sinais da miopia ainda na infância. A dificuldade em enxergar de longe costuma se apresentar durante a fase escolar, em que há a necessidade de leitura à distância, por exemplo. À medida que os anos passam, a demanda de desempenho visual aumenta, especialmente nos dias atuais em que as telas predominam as tarefas do cotidiano. Com isso, os graus da miopia também aumentam gradativamente, comprometendo projetos da vida jovem e adulta, como tentar uma profissão que exija certo grau de visão.  

 

Quando o paciente busca por uma cirurgia de correção?  

A cirurgia de correção da alta miopia representa a volta da qualidade de vida e da autoestima das pessoas que sofrem com a doença. Isso porque a alteração visual não limita somente o bem-estar do paciente ao obrigá-lo a usar óculos grossos e pesados desde a infância, mas também o impede de alcançar objetivos pessoais e profissionais. Geralmente, é no momento em que a alta miopia se torna incapacitante que pessoas que sofrem com a doença buscam por uma cirurgia de correção. A qualidade de vida que o procedimento oferece a um indivíduo que sofre com a alta miopia, protagoniza um planejamento e um investimento que muitos pacientes estão dispostos a realizar.  

Até 2020, o implante de lente intraocular ICL Visian não era realizado no Brasil. Atualmente, há mais de 40 médicos certificados no país. No entanto, a busca pelos médicos geralmente acontece após o paciente se familiarizar com o assunto e a cirurgia só pode ser realizada após a estabilização do grau, por volta dos 21 anos. Dessa forma, os interessados passam por uma longa jornada de espera e idas regulares a oftalmologista, que nem sempre estão aptos a realizar a cirurgia de implante de lente intraocular 

 Com isso, quando um paciente chega até um oftamologista certificado na implantação de lentes Evo Visian ICL, ele já possui um certo nível de informação sobre o procedimento. Assim, a certificação para o profissional de oftalmologia o capacita para sanar uma demanda crescente de pacientes preparados para investir numa cirurgia de correção que, para eles, significa uma mudança de vida.  

Oftalmologista, vale a pena investir na certificação para cirurgia de correção de pacientes com alta miopia. A Advance Vision conta com as lentes intraocular EVO Visian ICL. Entre em contato conosco e conheça mais sobre ela. 

1 ano de EVO Visian ICL no Brasil

Leia o artigo