Tecnologia
Compartilhe:

Qual a diferença entre o retinógrafo RetCam 3 e o Shuttle?

Postado em 11 de março de 2020 por advancevision

Quase um terço dos casos de cegueira detectados em crianças brasileiras poderiam ter sido prevenidos ou tratados caso houvesse um diagnóstico precoce, de acordo com dados do Conselho Brasileiro de Oftalmologia. A boa notícia é que a tecnologia tem evoluído bastante, fazendo com que os oftalmologistas tenham mais recursos para auxiliar os pequenos a ter mais qualidade de vida.

Resta, porém, conscientizar os adultos responsáveis pela saúde das crianças a dar a devida importância à realização do Teste do Reflexo Vermelho com oftalmoscópio, ainda na maternidade, e ao complemento do mapeamento do globo ocular por meio do Teste Digital do Olhinho, realizado por meio do retinógrafo RetCam

O retinógrafo RetCam possui dois modelos

O retinógrafo RetCam é um equipamento de alta tecnologia que fotografa 130 graus do globo ocular de recém-nascidos, crianças, jovens e adultos, sendo capaz de detectar doenças dos olhos severas, como a retinopatia da prematuridade, uma das principais causas de cegueira na infância. Ele está disponível em dois modelos:

#1 – RetCam 3

Por ser fixo, o retinógrafo RetCam 3 é indicado para uso em grandes hospitais e maternidades. O aparelho conta com monitor de tela plana acoplado ao equipamento e pode imprimir as fotos e as observações do médico logo após a consulta.

#2 – RetCam Shuttle

Por ser portátil, possuir rodinhas e pesar apenas 29 quilos, o Recam Shuttle é bastante útil em UTIs neonatais e clínicas oftalmológicas. Neste caso, no lugar de tela plana, o equipamento conta com um notebook acoplado. Há ainda a opção de solicitar a instalação do RetCam Review Software para receber remotamente as imagens e compará-las.

15 benefícios das duas versões

Basicamente, a principal diferença entre o retinógrafo RetCam 3 e o Shuttle está no fato de que o primeiro é fixo e o segundo, portátil. Em contrapartida, além da alta tecnologia, ambos se assemelham por contar com:

  1. Teclado com controle;
  2. Aplicador ergonômico;
  3. Pedaleira com função tripla;
  4. Impressora de fotos e textos;
  5. Superfície de trabalho ampla;
  6. Gavetas de armazenamento;
  7. Precisão no diagnóstico neonatal;
  8. Avançados recursos de imagem;
  9. Captação de imagem fotográfica dos olhos em alta resolução;
  10. Armazenamento dos exames no próprio equipamento ou em CDs, DVDs, pen drives ou HD externo;
  11. Telemedicina, caracterizada pela capacidade de conexão à rede para o envio de imagens e informações;
  12. Certificações internacionais FDA (Agência Federal de Saúde dos Estados Unidos) e CE (Registro de Conformidade da União Europeia);
  13. Capacidade para identificar doenças mais severas localizadas na retina, câmara posterior do olho, como retinoblastoma, coloboma retinal, hemorragias de retina e retinopatia de prematuridade, entre muitas outras;
  14. Angiografia (FA- Fluorescein Angiography) como opcional, que fornece um elevado contraste para a visualização detalhada das estruturas do fundo do olho;
  15. Capacidade para detecção precoce e assertiva doenças nos olhos dos recém-nascidos, como nos casos de ROP (Retinopatia da Prematuridade e do Retinoblastoma).

É por essas ricas características e pelo benefícios agregados à vida de recém-nascidos, crianças, jovens e adultos que o RetCam se tornou o aliado dos oftalmologistas!


Posts Relacionados