Tecnologia
Compartilhe:

Quando a cirurgia refrativa com lente intraocular deve ser revertida

Postado em 22 de dezembro de 2020 por advancevision

A cirurgia refrativa com lente intraocular ICL trata uma ampla gama de erros refrativos como a miopia e o astigmatismo com resultados de longo prazo comprovados. Com anos de estudos e mais de 1 milhão de implantes ao redor do mundo, ela é renomada pelo alto nível de satisfação dos pacientes que realizaram a cirurgia de miopia com lente intraocular

Seu histórico comprovado de mais de 20 anos de experiência, também mostra que a lente intraocular ICL passou por diversas modificações para melhor atender ao paciente, sendo hoje, uma das grandes apostas oftalmológicas na busca pela correção de visão. 

Uma das mais modernas do mundo no segmento e feita de Collamer – um avançado material exclusivo da STAAR® Surgical, que possui base colagenosa – a Evo Visian ICL garante eficácia, devido à excelente biocompatibilidade com os tecidos do olho humano e qualidade superior de visão. Ideal para quem busca um procedimento menos invasivo, eficaz e indolor. 

Olhos tratados com LASIK, por exemplo, têm em média três vezes mais aberrações esféricas do que os olhos tratados com a lente EVO Visian ICL, resultando em uma visão de alta definição. Isso porque a cirurgia a laser, o procedimento convencional, provoca alterações na estrutura da córnea, o que altera, muitas vezes, o comportamento dos raios luminosos, sua refração e difração, causando assim distorção na nitidez da imagem. 

Por manter a estrutura ocular intacta, a cirurgia com lente intraocular ICL também evita problemas como a Síndrome dos Olhos Secos e distorções na visão.

Correção da miopia com lente intraocular

Há 59 milhões de pessoas com miopia no Brasil, segundo a OMS, a mesma Organização afirma que no Brasil há um crescimento acima da média global de pacientes com alta miopia. 

As opções de cirurgias refrativas para corrigir a miopia podem atender a uma boa parcela dessa população. No entanto, dentre esta parcela da sociedade, há aqueles que preferem as cirurgias menos invasivas, bem como aqueles que não podem operar, em função de que alta miopia pode causar afinamento da córnea, o que é uma contraindicação para operação pelos métodos mais comuns.

Para os últimos, especialmente, existe a cirurgia refrativa com uso de lente intraocular. Por ser implantada atrás da íris, a lente intraocular ICL não interfere no cristalino do olho e preserva a córnea – que além da função protetora, desempenha papel fundamental na formação da visão. Ou seja, nenhum tecido corneano é removido ou reconfigurado com a cirurgia com e lente intraocular e o pós-operatório é em torno de 15 dias. 

Cirurgia refrativa com ICL é reversível! 

Diferente de outros procedimentos, a cirurgia de miopia com lente intraocular EVO Visian ICL pode ser revertida. Vejamos alguns casos em que isso pode ser necessário:

Em caso de intervenções cirúrgicas futuras, inclusive tratamentos da córnea, diferente da cirurgia à laser tradicional. 

Caso o paciente desenvolva outro tipo de patologia nos olhos ao longo do tempo, tais como a presbiopia ou a catarata, que exija a remoção do cristalino, a lente intraocular poderá ser removida, sem causar nenhum dano adicional.

Nos casos de má adaptação, embora seja muito raro. Existe a possibilidade do paciente não se adaptar e, neste caso, poden-se fazer a remoção sem maiores traumas.

Lente segura e discreta!

A lente intraocular ICL é uma opção de fácil adaptação ao paciente, por manter a fisiologia ocular natural e fluxo de humor aquoso. Além disso, é invisível a olho nu, melhora o bem-estar do paciente e não causa nenhum desconforto na aparência, pois é imperceptível após a colocação.

O procedimento é indolor, dura entre 20 e 30 minutos, e em poucos dias o paciente está apto a retomar as atividades cotidianas. A única recomendação é evitar apertar e coçar os olhos. Se houver qualquer desconforto ou problema, é preciso entrar em contato com o médico e, se necessário, a lente poderá ser extraída com facilidade.

Porém, é importante ressaltar que a lente intraocular ICL possui 99,4% de satisfação dos pacientes que afirmam que implantariam novamente a Evo Visian, o que demonstra não apenas a segurança da cirurgia, mas também a fácil adaptabilidade da cirurgia com lente intraocular no pós-operatório

No primeiro mês após o procedimento, o paciente deve visitar o oftalmologista para a avaliação e recomendações, como o uso correto dos colírios para ter uma recuperação mais fácil e segura. Caso o paciente não siga as recomendações corretas e tenha uma inflamação, por exemplo, é recomendado a retirada da lente. 

Em casos de novas tecnologias no futuro, quem possui a lente intraocular ICL também tem a possibilidade de optar pela remoção e troca de tecnologia, sem causar nenhum dano à visão, já que a cirurgia de miopia com lente intraocular é completamente reversível.


Posts Relacionados